23 de dezembro de 2011

Consumo - Prendas de Natal de última hora



São muitos os passos que pode tomar para ter um Natal mais sustentável (ambiental e financeiramente).

Um deles (e que ainda vai a tempo para quem ainda está a ultimar as prendas de Natal e que se pode aplicar todo o ano - prendas de aniversário, nascimento de bebés, etc....) é oferecer algo feito por si e que não implique muitos gastos!

Aqui ficam algumas ideias:

- Produtos alimentares frescos e secos
Mais ideias aqui e aqui

- Biscoitos, doces e compotas
Mais ideias aqui

- Decorações de Natal 
Mais ideias aqui

- Experiências pessoais e outras prendas personalizadas
Mais ideias aqui
E encontrará muito mais ideias para presentes feitos por si aqui e aqui.


Divirta-se, dê com amor e Bom Natal!

16 de dezembro de 2011

10 de dezembro de 2011

Água - Poupe também fora de casa


Na limpeza de quintal e calçada use vassoura e não água.

Lave o carro no máximo uma vez por mês, com um balde, para ensaboar e enxaguar. Com uma mangueira gasta 600 litros de água.

Regue as plantas de manhã cedo ou ao cair da noite. Nessa altura, a evaporação de água causada pelo Sol é menor, pelo que poupará este recurso. Se usar mangueira, coloque pistola de rega na ponta.

Se detectar uma fuga de água num espaço público, contacte imediatamente a entidade competente.

1 de dezembro de 2011

Transportes - Queime calorias e não petróleo!

Se a distância é pequena, vá a pé e deixe o carro na garagem. Queime calorias e não petróleo!




Para além dos benefícios para o ambiente, "Andar a pé, actividade também designada por marcha, é uma das formas de exercício físico que mais facilmente se adaptam a um dia de trabalho, sobretudo se a dividir em três sessões de 10 minutos. Para além dos beneficios físicos, alguns estudos demonstram que ajuda a combater a insónia e a depressão. Praticar esta actividade com amigos proporciona contacto social e motivação para a continuação da prática do exercício. Além disso, a marcha é um exercício económico para o qual apenas é necessário um bom par de sapatos." 


500 metros fazem-se em poucos minutos, mas infelizmente há muita gente que pega no carro até para se deslocar 200 metros. Há que mudar!