8 de agosto de 2012

Dica para as férias II

VÁ DE FÉRIAS PROTEGENDO O AMBIENTE
Imagem retirada daqui


"Se ainda tem dúvidas que realmente pode ajudar e contribuir para proteger a natureza e o ambiente, então siga as recomendações que a seguir lhe fazemos e verá como muitas coisas dependem de si.

EM PASSEIO OU EM FÉRIAS, NÃO SE ESQUEÇA:

ANTES DE PARTIR...
Desligue da corrente eléctrica todos os aparelhos que não necessitem de permanecer ligados.
Os que tiverem de ficar ligados, tais como frigoríficos, arcas congeladoras, regule-os para a temperatura mínima.
Antes de sair de casa, certifique-se de que não deixa lâmpadas acesas.
Se tiver um sistema de rega automática, programe-o para regar durante a noite.
Verifique se as suas torneiras não têm quaisquer fugas e, se possível, feche as de segurança enquanto estiver ausente.

O SEU AUTOMÓVEL...
Não transporte carga ou pesos desnecessários. Demasiada bagagem nas deslocações aumenta o consumo de combustível.
Lembre-se que uma carga extra de 100kg significa um gasto acrescido de meio litro em cada 100km.
Verifique se o seu veículo se encontra afinado. Lembre-se que filtros de óleo e de ar sujos, velas estragadas, pneus sem a pressão correcta aumentam o consumo de combustível e a emissão de dióxido de carbono (CO2).

SE FOR PARA A PRAIA...
Nunca deite restos de comida, papéis, beatas ou outro género de lixo para a areia. Deve sempre colocá-lo no contentor próprio. Se estiver longe, guarde o lixo e deite-o fora mais tarde, quando se for embora.
O lixo deixado na areia provoca doenças.
As embalagens de plástico e outro tipo de lixo deixado nas praias ou no mar matam, por ano, mais de mil animais marinhos por neles ficarem presos ou por tentarem comê-lo.
As dunas são locais de grande beleza, mas muito frágeis. Por isso, é nosso dever protegê-las. Não as estrague, não apanhe as plantas que nelas crescem, pois são elas que ajudam a proteger o solo.
Não se esqueça que os veículos estão proibidos de circular nas dunas.

NA CASA DE FÉRIAS…
A poupança de água é um gesto permanente. Por isso, prefira os duches aos banhos na banheira e, enquanto se ensaboa, não se esqueça de fechar a torneira.
Feche a torneira enquanto lava os dentes e descarregue o autoclismo só quando for necessário.
Ao deslocar-se até à praia, ao café ou em passeio, prefira andar a pé, evitando, sempre que possível, o automóvel. Estará a contribuir para a redução das emissões de CO2 e, ao mesmo tempo, a praticar exercício físico.

SE FOR PARA O CAMPO...
Prefira os passeios a pé ou de bicicleta. É a melhor forma de conhecer e contactar com a natureza.
Siga sempre os caminhos e trilhos já existentes. Não construa atalhos, pois destruirá plantas, provocando, consequentemente, a erosão.
Observe as plantas sem as colher. Nunca arranque ramos, folhas ou flores, nem escreva nas árvores. Tire-lhes fotografias. Recordá-las-á melhor.
Não faça ruídos desnecessários, não destrua ninhos, não perturbe e não capture animais. Não se esqueça que é proibido.
Se planear comer no campo, leve a comida já preparada, assim evitará fazer fogueiras.
Se possível, utilize as zonas próprias para piqueniques. É mais cómodo e seguro.
Nunca deite fósforos ou cigarros para o chão. Lembre--se que é proibido fumar nas áreas florestais.
Quando circular de carro, apague bem os cigarros no cinzeiro do carro e não deite as cinzas pela janela.
No campo ou na floresta, nunca deixe nem atire para o chão, plásticos, papéis ou vidros e nunca atire qualquer objecto para rios, ribeiros ou lagos, porque, para além de estar a poluir, poderá estar a contribuir para a morte de animais ou para a deflagração de um incêndio.
Recorde que, ao sol, o efeito lupa do vidro pode provocar um incêndio.
Todo o lixo deve ser colocado nos contentores próprios. Se estiver longe deles, guarde-o e deite-o fora mais tarde, quando encontrar um.

NUNCA ABANDONE O SEU ANIMAL!
Muitas pessoas abandonam os seus animais de estimação quando vão de férias.
Lembre-se que já existem muitos alojamentos próprios para os deixar e que é proibido abandonar, intencionalmente, animais na via pública.
Em Portugal, todos os anos são abandonados muitos animais, que acabam por morrer à fome ou por serem atropelados quando vagueiam pelas ruas em busca de alimento ou de abrigo, ficando, para além disso, sujeitos a todo o tipo de doenças.
Não os maltrate. Os animais também precisam de carinho, como você! E também têm direitos.
Não esqueça o seu animal de estimação! Acredite que ele também nunca se esquecerá de si.

SE FOR PARA O ESTRANGEIRO…
Não compre animais e plantas selvagens ou exóticos, incluindo as suas partes ou derivados, nem produtos feitos de madeira proveniente das florestas tropicais, como o pau-rosa, o ébano e outras.
O comércio de algumas espécies é totalmente proibido.De outras são necessárias autorizações especiais para os trazer para Portugal.
Se comprar, lembre-se que poderá estar a incorrer numa compra ilegal, e estará a contribuir para a extinção das espécies!
Araras, papagaios, macacos estão entre os vários animais protegidos. Peles, peças de marfim, produtos derivados de tartaruga-marinha, corais e plantas selvagens, poderão ser exemplo de compras ilegais.

Na protecção da Natureza e do Ambiente NÃO EXISTEM FÉRIAS!
A adopção permanente de boas práticas ambientais é a chave do sucesso.
Evite contaminar o ambiente, degradá-lo ou contribuir para o esgotamento dos recursos naturais.
CADA GESTO CONTA!"

Fonte: Panfleto da Guarda Nacional Republicana (www.gnr.pt) | SEPNA (Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente - sepna@gnr.pt), disponível para download e impressão aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário